Nadal sente lesão, joga no sacrifício, mas perde para Ferrer e está fora do Australian Open

Acabou o Australian Open para o espanhol Rafael Nadal. Nesta quarta-feira, em Melbourne, o tenista número um do mundo não resistiu à excelente atuação do compatriota David Ferrer e a constantes dores musculares na perna e foi derrotado por 3 sets a 0, parciais de 6-4, 6-2 e 6-3 , despedindo-se do primeiro Grand Slam da temporada.

Na semifinal do Aberto da Austrália, Ferrer agora terá pela frente o britânico Andy Murray, que despachou o ucraniano Alexandr Dolgopolov com 3 sets a 1 (7-5, 6-3, 6-7 e 6-3), depois de três horas e seis minutos de partida, disputada também nesta quarta-feira.

 


 

Nadal jogou no sacrifício, mas perdeu para Ferrer e deu adeus em Melbourne

No outro confronto das semifinais do Grand Slam, o suíço Roger Federer, que eliminou o compatriota Stanislas Wawrinka na última terça-feira, enfrenta o sérvio Novak Djokovic, que passou pelo tcheco Tomas Berdych. É a oitava semifinal consecutiva de Federer, número dois do mundo, no Australian Open.

Logo no início da partida, já ficou claro que Nadal não era o mesmo de jornadas anteriores. O espanhol levou a mão à perna algumas vezes e, com semblante carregado, deixou claro que não estava em suas melhores condições físicas para a partida.

Por outro lado, Nadal encontrou em Ferrer um adversário ousado, que soube se aproveitar da fragilidade física do rival para se impor em quadra. O número um do mundo, por sua vez, não escondeu o abatimento pela lesão e chegou a se emocionar em alguns momentos do terceiro set, visivelmente desapontado por se despedir precocemente do torneio.

O jogo

Favorito em quadra, o número 1 do mundo logo viu seu oponente, sétimo no ranking, vencer os dois primeiros games do set inicial. Esboçando uma recuperação, venceu o terceiro e, após sentir dores na perna esquerda, solicitou o atendimento médico. Retornando ao jogo, Nadal, viu Ferrer abrir 5 a 2 e ainda conseguiu vencer seu terceiro game, após forçar seu saque.

Assim como no segundo game, Roger Federer pecou em seu saque, dando a Nadal triplo break point, desta vez, no quarto game. Defendendo-se bem, o sétimo do mundo conteve as tentativas de Nadal, vitorioso após um erro não forçado do adversário. Com o jogo equilibrado, já em 4 a 5, Ferrer pressionou seu oponente e conseguiu fechar o primeiro set.

Nadal bem que tentou, mas no segundo set, não conseguiu novamente superar seu adversário. Após sair na frente no terceiro game, cravando 2 a 1 no placar, o número 1 nada por fazer para impedir que Ferrer assumisse o domínio do set, onde abriu uma larga vantagem, fechando o segundo set por 6 a 2, ao jogar nas falhas do melhor do mundo, que não conseguia chegar nas bolas mais difíceis devido à lesão na perna.

A apreensão na arena sobre uma provável desistência de Nadal aumentava. Em 2010, o número 1, também nas quartas de final, diante do britânico Andy Murray, desistiu da partida, sendo eliminado do Australian Open. Desta vez, o espanhol manteve-se em quadra até o final do duelo. No terceiro set, Nadal não conseguiu se recuperar fisicamente e sofreu a derrota por 6 a 3.

“Fiz meu jogo, fiz o que pude e estou feliz com a vitória, apesar dele ter sofrido essa lesão. Não foi uma vitória normal, todos sabem disso, mas agora tenho que me focar na partida contra Murray. Gostaria de agradecer todos que me apoiaram e viram eu dar o meu melhor”, contou Ferrer ao final do embate.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s