Dia do Treinador: homenagem aos maiores do Tricolor

 
Neste 14 de janeiro, uma homenagem aos comandantes mais vitoriosos da história do Tricolor!
 

Dia 14 de janeiro é o Dia do Treinador de Futebol, talvez a figura mais cobrada do esporte das multidões.

Além de ser dia de reconhecimento e homenagem a Paulo César Carpegiani e aos comandantes das categorias de base são-paulinas, a data pede uma rápida retrospectiva da vitoriosa trajetória tricolor através da História, que prova: por aqui passaram grandes treinadores do futebol brasileiro, e até mesmo internacional, muitos deles os maiores de suas épocas. Seria impossível citar todos, então relembre alguns dos mais renomados e significativos comandantes do São Paulo FC.

O São Paulo FC aproveita a data e agradece pela contribuição dada por todos os profissionais que já estiveram no comando do esquadrão são-paulino!

Joreca – 1943-1947

Técnico com o melhor desempenho percentual de pontos ganhos na história do clube (72,87%) e o terceiro treinador que venceu mais títulos oficiais pelo São Paulo (três), Joreca, português de nascimento, consagrou-se no Brasil com a montagem do melhor time de sua época, o “Rolo Compressor”.

Sua maior façanha foi a conquista do Campeonato Paulista de 1946 de forma invicta – até hoje a única do Tricolor – foram 17 vitórias e três empates em 20 jogos. 

Jorge Gomes de Lima (07/01/1904 – 05/12/1949)
Campeonato Paulista de 1943, 1945 e 1946

  

Vicente Feola – Anos 30, 40 e 50.

Bonachão, Vicente Feola foi o responsável pela primeira conquista do futebol brasileiro no cenário internacional – a Copa do Mundo de 1958, na Suécia – sendo também o comandante do São Paulo FC no período. Tão identificado com o Tricolor, assumiu o clube por oito vezes, e foi campeão paulista por duas vezes, em 1948 e 1949. Feola lidera o ranking de técnicos que mais vezes dirigiram a equipe: 532 jogos.

Vicente Ítalo Feola (01/11/1909 – 06/11/1975)
Campeão Paulista de 1948 e 1949.

 

Béla Guttmann – 1957-1958

O húngaro Béla Guttmann, nascido em Budapeste, revolucionou o futebol mundial ao lançar um novo sistema tático de jogo. No São Paulo, seus métodos de treinamento também causaram, a princípio, muita estranheza. Foi dele a idéia de se adotar a divisão das traves em zonas numeradas para se treinar a pontaria dos atacantes. Também implantou o treinamento tático e técnico com o uso de várias bolas em campo (ou seja, cada jogador com sua bola). Foi Campeão Paulista de 1957, quando voltou à Europa e se consagrou no Benfica.

Béla Guttmann (26/01/1899 – 28/08/1981)
Campeão Paulista de 1957

 

Poy – 1964-1965, 1971-1972, 1973-1976

Entre os principais feitos do goleiro e técnico são-paulino Jose Poy está o recorde de invencibilidade do São Paulo. Foram 47 jogos sem derrota com Poy no banco de reservas (36 vitórias e 11 empates) de 1974 a 1975. O argentino, nascido em Rosario, era temido pelos atletas por sua ridigez. Muricy Ramalho sempre lembrava das broncas e das regras de Poy, que implicava com as madeixas compridas de Muricy, moda na época.

Jose Poy (16/04/1926 – 08/02/1996)
Campeão Paulista de 1975.

 

Rubens Minelli – 1977-1979

Rubens Minelli era então bicampeão brasileiro pelo SC Internacional em 1975/76 quando o São Paulo o convenceu a assumir uma equipe aguerrida, mas com pouco prestígio entre os comentaristas esportivos da época. Surpreendendo a todos, o time dirigido por ele desbancou o favorito Atlético Mineiro, no Mineirão, de forma épica nas disputas de pênaltis, utilizando-se inclusive de artimanhas psicológicas como mandar Serginho Chulapa, suspenso, viajar para Belo Horizonte e aparecer no vestiário como se estivesse apto a jogar, o que desestabilizou o time rival.

Rubens Francisco Minelli (19/12/1928)
Campeão Brasileiro de 1977.

 

Telê Santana – 1973 e 1990-1996

Este espaço é pouco para descrever tudo o que este grande técnico fez pelo clube. Telê teve duas passagens pelo Tricolor (1973 e 1990-1996), e é o técnico mais vencedor da história são-paulina. Ao todo foram dez títulos oficiais conquistados, incluindo os bicampeonatos da Taça Libertadores da América e do Mundial Interclubes, que elevaram o nome do São Paulo FC a um patamar nunca antes atingido. Eterno ídolo da torcida, sua marca registrada era a disciplina imposta a seus comandados, tudo em prol da perfeição técnica, alcançada mediante treinamento constante e rigidez de conduta.

Uma curiosidade: Detalhista ao extremo, Telê Santana acompanhava o Tricolor tão de perto que preferia morar no CT da Barra Funda. Lá, verificava o estado do gramado e as chegadas e saídas dos jogadores. Diz a lenda, entretanto, que isto se devia mais pelo fato dele ser um tanto ‘pão-duro’ e poupar até o dinheiro do aluguel!

Faleceu em 2006, mas até hoje tem seu nome cantado no Morumbi.

Telê Santana (26/07/1931 – 21/04/2006)
Campeão Mundial Interclubes 1992 e 1993; da Taça Libertadores da América 1992 e 1993, da Supercopa Sulamericana de 1993; da Recopa Sulamericana de 1993 e 1994, do Campeonato Brasileiro de 1991 e do Campeonato Paulista de 1991 e 1992.

 

Paulo Autuori – 2005

Paulo Autuori chegou ao clube em meio à que era, até então, a competição mais importante do ano: a Libertadores da América. Levou seu “Time de Guerreiros” não apenas ao topo do continente, mas ao título mundial, o terceiro na história do Clube. 

Deixou o São Paulo FC em seguida, mas nunca será esquecido pela torcida tricolor. Seu perfil sereno e perseverante estará para sempre marcado junto à terceira estrela vermelha do escudo são-paulino.

Paulo Autuori de Mello (25/08/1956)
Campeão da Libertadores da América 2005 e do Mundial de Clubes Fifa 2005

 

Muricy Ramalho – 1993, 1996-1997, 2006-2009

Muricy Ramalho foi o técnico que levou o São Paulo FC a um feito inédito na história do clube – um tricampeonato seguido, com um sabor todo especial por ser um Tricampeonato Brasileiro (2006, 2007 e 2008) – fato inédito também na história de todos os outros times do país. 

Com campanhas épicas, variando de conquistas seguras, obtidas com várias rodadas de antecipação, à façanha de vencer um campeonato após matemáticos lançarem apenas 1% de chances de triunfo.

O treinador levava fama de turrão, principalmente devido às peculiares respostas dadas em algumas entrevistas. Entretanto, sua marca registrada sempre foi o trabalho incansável. Seus muitos bordões, como “A bola pune” e “Isso aqui é trabalho, meu filho”, ganharam a simpatia dos torcedores.

Muricy Ramalho  (30/11/1955)
Campeão Brasileiro de 2006, 2007 e 2008; Campeão da Copa Conmebol de 1994 e da Copa Master Conmebol de 1996.

 

Todos os treinadores da história do São Paulo
  Treinador Situação De Até
01º Rubens Salles Efetivo 09/03/30 10/01/32
02º Formiga Interino 02/04/32 15/05/32
03º Eugenio Marinetti Efetivo 22/05/32 15/01/33
04º Cloadoaldo Caldeira Efetivo 12/03/33 24/03/35
05º Armando del Debbio Efetivo 25/01/36 09/05/37
06º Vicente Feola Efetivo 20/06/37 08/01/38
07º Tito Rodrigues Efetivo 16/01/38 07/08/38
  Vicente Feola (2ª vez) Efetivo 25/08/38 25/04/39
08º Ignác Amsel Efetivo 28/05/39 29/10/39
09º Amílcar Barbuy Efetivo 12/11/39 21/04/40
10º Ramón Platero Efetivo 11/05/40 22/12/40
  Vicente Feola (3ª vez) Efetivo 02/02/41 04/01/42
11º Conrado Ross Efetivo 07/03/42 08/05/43
12º Joreca Efetivo 16/05/43 19/10/47
    Vicente Feola Substituto 13/05/44 01/12/45
13º Assad Zarzur Interino 26/10/47 19/11/47
  Vicente Feola (4ª vez) Efetivo 30/11/47 12/02/50
14º Leônidas da Silva Efetivo 02/04/50 27/07/50
  Vicente Feola (5ª vez) Efetivo 02/08/50 18/02/51
  Leônidas da Silva (2ª vez) Efetivo 25/02/51 02/09/51
15º Ariston de Oliveira Efetivo 12/09/51 19/12/51
  Vicente Feola (6ª vez) Efetivo 22/12/51 04/06/53
16º Jim Lopes Efetivo 13/06/53 30/10/54
  Leônidas da Silva (3ª vez) Efetivo 07/11/54 14/05/55
    Vicente Feola Substituto 21/11/54 21/11/54
  Vicente Feola (7ª vez) Efetivo 29/05/55 03/01/57
17º Caxambu Interino 20/01/57 17/02/57
18º Béla Guttman Efetivo 23/03/57 17/07/58
    Manoel Raymundo Substituto 16/01/58 06/02/58
19º Manoel Raymundo Interino 20/07/58 30/07/58
20º Armando Renganeschi Efetivo 03/08/58 16/05/59
  Vicente Feola (8ª vez) Efetivo 24/05/59 21/04/60
21º Remo Januzzi Efetivo 24/04/60 29/06/60
22º Flávio Costa Efetivo 16/07/60 04/06/61
  Manoel Raymundo (2ª vez) Interino 07/06/61 29/06/61
23º Cláudio Cardoso Efetivo 05/07/61 15/11/61
    Comissão de Atletas Substituto 08/10/61 08/10/61
    Caxambu Substituto 11/10/61 31/10/61
  Caxambu (2ª vez) Interino 19/11/61 16/12/61
24º Aymoré Moreira Efetivo 25/01/62 17/03/62
  Caxambu (3ª vez) Interino 25/03/62 01/07/62
25º Osvaldo Brandão Efetivo 08/07/62 28/03/64
    Jair Rosa Pinto Substituto 12/01/63 29/01/63
    Jose Poy Substituto 16/01/64 27/02/64
    Vicente Feola Substituto 02/02/64 16/02/64
26º Oto Vieira Efetivo 09/04/64 06/09/64
27º Jose Poy Efetivo 12/09/64 22/08/65
    Vicente Feola Substituto 13/02/65 13/02/65
  Jim Lopes (2ª vez) Efetivo 29/08/65 12/12/65
  Aymoré Moreira (2ª vez) Efetivo 15/01/66 15/12/66
28º Sylvio Pirillo Efetivo 25/01/67 01/06/68
29º Diede Lameiro Efetivo 04/08/68 06/12/69
30º Zezé Moreira Efetivo 25/01/70 06/12/70
    Jose Poy Substituto 13/06/70 20/06/70
  Osvaldo Brandão (2ª vez) Efetivo 15/01/71 10/10/71
    Hélio José Maffia Substituto 26/07/71 26/07/71
  Jose Poy (2ª vez) Efetivo 17/10/71 15/12/71
31º Alfredo Ramos Efetivo 25/01/72 03/09/72
32º Cosme Damião Geraldino Interino 07/09/72 10/09/72
33º Vail Mota Efetivo 13/09/72 15/10/72
  Jose Poy (3ª vez) Efetivo 18/10/72 16/12/72
34º Telê Santana Efetivo 21/01/73 01/07/73
  Jose Poy (4ª vez) Efetivo 05/07/73 24/10/76
35º Mário Juliato Interino 30/10/76 15/12/76
36º Rubens Minelli Efetivo 29/01/77 22/07/79
    Mário Juliato Substituto 12/10/77 01/05/78
    Alcides Romano Jr Substituto 12/02/78 12/02/78
    Mário Juliato Substituto 31/05/78 06/05/79
  Mário Juliato (2ª vez) Efetivo 25/07/79 15/12/79
37º Carlos Alberto Silva Efetivo 26/01/80 09/06/81
    João Leal Neto Substituto 28/02/80 03/05/81
    Ithon Fritzen Substituto 12/04/81 26/04/81
38º João Leal Neto Interino 11/06/81 07/07/81
39º Formiga Efetivo 12/07/81 19/06/82
  Jose Poy (5ª vez) Efetivo 27/06/82 07/05/83
40º José Carlos Serrão Interino 15/05/83 15/05/83
41º Mário Travaglini Efetivo 18/05/83 22/04/84
    Waldir de Moraes Substituto 09/07/83 17/07/83
42º Waldir de Moraes Interino 28/04/84 26/05/84
43º Cilinho Efetivo 16/06/84 13/07/86
    Bebeto de Oliveira Substituto 19/09/84 19/09/84
    José Carlos Serrão Substituto 09/03/86 09/03/86
44º José Carlos Serrão Interino 16/07/86 07/09/86
45º Pepe Efetivo 14/09/86 19/04/87
  José Carlos Serrão (2ª vez) Interino 22/04/87 20/05/87
  Cilinho (2ª vez) Efetivo 24/05/87 26/03/89
    Pupo Gimenez Substituto 19/06/88 09/11/88
46º Pupo Gimenez Interino 29/03/89 09/04/89
  Carlos Alberto Silva (2ª vez) Efetivo 15/04/89 08/04/90
    Pupo Gimenez Substituto 24/09/89 24/09/89
  Pupo Gimenez (2ª vez) Interino 15/04/90 27/05/90
47º Pablo Forlán Efetivo 30/05/90 10/10/90
  Telê Santana (2ª vez) Efetivo 14/10/90 27/01/96
    Silva Substituto 22/06/91 14/07/91
    Waldir de Moraes Substituto 24/01/93 25/04/93
    Márcio Araújo Substituto 06/04/93 27/06/93
    Muricy Ramalho Substituto 23/01/94 22/07/95
48º Muricy Ramalho Interino 31/01/96 18/07/96
49º Carlos Alberto Parreira Efetivo 08/08/96 26/10/96
  Muricy Ramalho (2ª vez) Efetivo 03/11/96 13/04/97
50º Darío Pereyra Efetivo 20/04/97 11/02/98
51º Nelsinho Baptista Efetivo 14/02/98 20/09/98
52º Pita Interino 24/09/98 26/09/98
53º Mário Sérgio Efetivo 30/09/98 12/11/98
54º Paulo César Carpegiani Efetivo 17/01/99 11/12/99
    Fernando Soares Substituto 22/05/99 22/05/99
55º Milton Cruz Interino 16/12/99 16/12/99
56º Levir Culpi Efetivo 15/01/00 30/11/00
57º Oswaldo Alvarez Efetivo 17/01/01 23/05/01
    Ivo Secchi Substituto 16/05/01 16/05/01
  Nelsinho Baptista (2ª vez) Efetivo 23/06/01 12/05/02
58º Oswaldo de Oliveira Efetivo 19/05/02 01/05/03
    Waldemar de Oliveira Substituto 27/03/03 27/03/03
59º Roberto Rojas Efetivo 04/05/03 14/12/03
60º Cuca Efetivo 21/01/04 01/09/04
    Milton Cruz Substituto 02/06/04 02/06/04
61º Emerson Leão Efetivo 08/09/04 17/04/05
  Milton Cruz (2ª vez) Interino 21/04/05 30/04/05
62º Paulo Autuori Efetivo 08/05/05 18/12/05
  Muricy Ramalho (3ª vez) Efetivo 18/01/06 18/06/09
    Silva Substituto 27/01/07 11/02/07
    Milton Cruz Substituto 01/07/07 15/08/07
  Milton Cruz (3ª vez) Interino 21/06/09 21/06/09
63º Ricardo Gomes Efetivo 28/06/09 05/08/10
    Milton Cruz Substituto 25/02/10 08/08/10
64º Sérgio Baresi Efetivo 15/08/10 02/10/10
  Paulo César Carpegiani (2ª vez) Efetivo 06/10/10 atualmente
Anúncios
Esse post foi publicado em Esportes. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s